Crítica O Rei Leão – contém spoilers!

blogib_o-rei-leao-2019_feat

O clássico filme da Disney, O Rei Leão, marcou a vida de várias gerações. O filme conta a história de Simba, um leãozinho maroto que precisa descobrir como retomar seu real destino e governar as savanas africanas. 

O longa faz parte da memória afetiva de muita gente e, com certeza, você conhece alguém que já o assistiu em fita VHS, ou que grita Nats ingonya babagithi Baba’ quando levanta algum bebê com os braços, ou quando está numa situação complicada diz Hakuna Matata. 

Quem nunca disse “Perigo… rá! Eu ando na selva braba. Eu rio na cara do perigo!” que atire a primeira pedra,  minha gente?!

Nós, da Glitter Girl, fomos assistir a essa belezura em sua pré estreia e vamos dar a nossa opinião sincera para vocês. Vamos lá!

Assistindo com o coração

Para começo de conversa, a sessão tinha mais gente grande do que pequena. A expectativa era grande. Do início ao fim, o filme desperta uma sensação gostosa de conforto, carinho, aconchego. É como ir à casa da avó em dia de domingo: você já sabe quem vai ver e o que te espera, mas ainda assim seu coração pulsa de alegria! 

Volta e meia rolavam uns awn, eu vou chorar!’, ‘ele tá ainda mais fofinho!’, ‘ai, que gracinha!’ que os adultos diziam. Homens e mulheres saíram do cinema com o fofurômetro estourado, sério! Aplaudido por todos em vários momentos, O Rei Leão tem a trilha sonora delicinha que a gente já conhece e vários efeitos bacanas. Foi emocionante reviver a infância, sem dúvidas!

Assistindo com a razão

Os animadores conseguiram criar uma estética hiperrealista e fascinante para o filme. É incrível o fotorrealismo da animação: os pelos da juba do Scar são visivelmente macios e dá uma vontade doida de tocar neles! Fora que, em alguns momentos, parece até que estamos assistindo a um documentário do canal Animal Planet, de tão próximo do real comportamento dos animais que longa está. Os entretons, movimentos e representação da selva estão im-pe-cá-veis. 

Apesar de estar com pouquíssimos elementos diferentes do original de 1994, o filme deixa a desejar em um único ponto: a magia. Talvez por estar tão realista, a obra perdeu um tiquinho daquele toque UAAAU que todo musical da Disney tem. O filme meio que perdeu aquele jeitinho deslumbrante, sabe? Um exemplo é a cena em que o Mufasa falece. Não é tão impactante como no filme original. A perda não é sentida, o peso que a cena transpassava não existe no remake.

Por ter sido modificado, O Rei Leão teve algumas cenas cortadas e outras, criadas. Nesta versão, as leoas têm mais falas e aparições, assim como as hienas também. Nala – brilhantemente dublada por ninguém mais que Beyoncé – ganhou mais tempo em tela e têm cenas chave na trama. Ponto positivo, pois dá uma reforçada na ideia de sororidade. Scar – dublado pelo ator Chiwetel Ejiofor– adquiriu um ar bem mais dark, mais sombrio e teve seus monólogos reduzidos em alguns momentos; Simba – dublado pelo cantor Donald Glover – consegue manter seu ar de bondade mesmo depois de atingir a fase adulta, mas lhe falta um pouquinho de carisma. Timão e Pumba foram dublados pelos atores Billy Echiner e Seth Rogen respectivamente, fizeram rir e encantaram a todos, mas poderiam ter tido mais aparições. 

No fim das contas…

O Rei Leão de 2019 é uma excelente animação. Muito bem executada e que cativa. Entretanto, trazer uma história tão cheia de significado e tão encantadora para o ‘mundo real’ tenha o feito perder elementos importantes como o fascínio, arrebatamento e magnetismo que o desenho tem. O Rei Leão da atualidade consegue deixar o coração quentinho por ser uma trama respeitada e amada há anos, logo fica fácil gostar das duas versões. Só deve-se ter em mente que cada experiência é única.

 

Publicado por marô marô

Inquieta e insubordinada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: